grupo de ressignificação de práticas pedagógicas

Gisele A. Oliveira – 14/02/2009

A formação aconteceu na Escola de Educação Infantil Pró-Crescer. Ao chegarmos fomos recebida pela mantenedora Rosângela. Os participantes foram chegando e acomodando-se na quadra que fica no piso inferior da escola.  A maioria ainda bastante fechados em seus próprios grupos, o que considero natural até que adquiram um certo grau de intimidade. Acho que atividades em pequenos grupos, onde as escolas pudessem trocar experiências ajudaria bastante.

O encontro iniciou-se com a leitura do texto “Ensina quem sabe, aprende quem quer” de César Romão. Em seguida, Mônica também fez a leitura do registro do encontro anterior. Após a leitura dos registros da Renata (Casulinho) e Gisele (São Jerônimo), Mônica também fez a leitura do seu. Frisou novamente a importância do registro reflexivo individual e que em  cada encontro três pessoas irão fazer a leitura do seu.

Mônica já havia preparado antecipadamente todo o material exposto nas paredes, juntamente com o material impresso entregue a cada um dos participantes sobre o assunto a ser apresentado no dia (registros).

Durante o estudo, Mônica fez uma ligação entre a teoria e a prática, momento muito rico onde ela relatou suas próprias experiências em sala  de aula, mostrou ao grupo diferentes formas de registros, mas deixou claro que cada um pode criar seu próprio estilo, conforme sua própria organização. Outro aspecto importante e que já tinha discutido com as professoras é a questão de não observar todas as crianças ao mesmo tempo, isso é praticamente impossível e a observação fica muito superficial. Quando fazemos a observação em pequenos grupos, conseguimos centrar mais nossos olhares p-ara as dificuldades, interesses e necessidades das crianças.

Particularmente,  gostei muito. Apesar de ser um assunto já estudado pelas educadoras da Creche São Jerônimo, tinha momentos que passava um filme pela minha cabeça. Muitas daquelas colocações tinha feito para elas, porém percebo que apesar de registrarem diariamente, ainda falta um aprofundamento maior nessa questão. Muitas vezes não conseguem fazer um paralelo das informações ricas que registram com o planejamento da sala e a formação sobre registro só veio contribuir nesse sentido.

Como tarefa individual, ficou o registro reflexivo do encontro e como tarefa de grupo um caderno de registros elaborados.

“Na formação permanente dos professores, o momento fundamental é o da reflexão  crítica sobre a prática.” (Paulo Freire)
Anúncios

RPP

União de três escolas de Educação Infantil e uma Creche que por meio de seus educadores, coordenadores pedagógicos e proprietários participam de um ciclo de formação pedagógica para possibilitar além da fundamentação teórica, oficinas, trocas e o contato com experiências pedagógicas bem sucedidas para a ressignificação de suas práticas pedagógicas.

Escolas Participantes

:::C.R. Casulinho::: E.E.I. Mundo da Imaginação::: Escola Infantil Pró-Crescer::: Ass. Assistencial e Educacional Jd. Santo André:::

Consultora Pedagógica Responsável

Mônica R. Assunção educatemas@uol.com.br monica_assuncao@uol.com.br
dezembro 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 123
45678910
11121314151617
18192021222324
25262728293031

visitantes

  • 6,743 visitas
%d blogueiros gostam disto: