grupo de ressignificação de práticas pedagógicas

No último 28 de março, o grupo RPP acompanhou a formação sobre Avaliação da assessoria educacional EDUCATEMAS, com a formadora Mônica Assunção. Abaixo as avaliações de algumas participantes:

No encontro de hoje foi falado sobre avaliação, pude notar que além da avaliação das crianças, podemos auto-avaliar nossas atitudes para poder avaliar cada criança no seu dia-a-dia, pois se não tiver bem comigo mesma não vou conseguir ter uma visão de avaliação.


Sheila Cardoso Sena – 28/03/2009

:::

Hoje “falamos” sobre avaliação como instrumento metodológico na escola. Já estou me sentindo mais à vontade no grupo pois, aos poucos estou conhecendo as pessoas.

A Mônica a cada encontro traz exemplos condizentes com a nossa realidade que facilita o nosso entendimento. O tema abordado, Avaliação, é extremamente importante para que cada vez mais estejamos empenhados em melhorar a prática pedagógica.

Nós reforçamos os conteúdos ministrados, pois já temos o hábito da avaliação diária inserida em nossa prática e aprendemos novos conceitos a serem “executados” na creche.

Elisangela R. de Brito – 28/03/2009

:::

Hoje conclui que a Avaliação é muito ampla e pode ser avaliada através de cinco contextos:


  1. Observação

  2. Registro

  3. Reflexão

  4. Avaliação

  5. Planejamento


E não é necessário seguir de acordo com o modelo, podemos ir alternando. Gostei muito. Acrescentou na minha vida profissional a ser aperfeiçoada.

Ana Lúcia

:::

Hoje pude usar de empatia com um deficiente visual, pois perdi meus óculos e não pude participar ativamente, apenas ouvindo.

O encontro foi muito interessante e veio a contribuir para minha prática pedagógica e reforçando algo que já realizamos.

Obs.: Já encontrei meus óculos.

Regina Nilce

:::

Como todos os encontros, foi interessante e contribuiu para ampliar meu conhecimento e reforçar aquilo que já vivencio no meu cotidiano.

Percebemos que o tema é amplo e muito interessante e que não podemos ficar somente com esse conteúdo que nos foi passado. Para crescermos temos que buscar mais, cada um no seu individual.

As possibilidades de avaliação são muitas, você deu apenas um “pontapé” inicial.

O tema para nós da Creche foi tranquilo pois já trabalhamos com esse tema.

Parabéns pela sua organização, conhecimento e dinâmica com o grupo, pois tudo isso nos possibilita a rever algumas coisas já deixadas para traz e importante para o desenvolvimento do trabalho em sala.

[ sem nome ]

:::


Hoje, segunda vez que estou participando, está sendo muito produtivo.

Aprendi a avaliar a criança corretamente, e reconhecer muitos erros que devemos que melhorar. Foi muito produtivo, pois temos que prestar atenção em tudo que fazemos e que demonstramos para nossas crianças. Com esse curso estou muito feliz e a cada dia aprendendo mais e mais.

O encontro de hoje acrescentou muito em relação a avaliação, pois avaliar não significa aplicar provas e sim uma sondagem de aprendizado do aluno e com relação ao professor, devemos perceber o que avaliar, como avaliar e porque avaliar. Será que a forma que estamos avaliando é correta? E a forma que estamos ensinando?

O tema nos proporciona reflexão, gostei muito.

Vanilda

:::

Eu achei muito interessante o encontro de hoje, pois percebi a importância de avaliar tanto os alunos, como a mim mesma, a avaliar a importância de planejar e em tudo estamos avaliando, seja, no conjunto ou no individual.

Talita

:::

Este assunto para mim está bem presente, estou estudando essa matéria na faculdade e ontem entreguei um trabalho sobre a Avaliação Mediadora.

A aula de hoje veio somar, pois estou vendo na prática através da sua experiência, você explana o assunto de uma maneira bem didática, foi um dia muito produtivo. Obrigada.

Flávia M. Feitosa

:::

O tema é amplo e necessário, pois é através dele e dos outros ítens de observação para definir em qual estágio de desenvolvimento o indivíduo está.

Este encontro foi bem extenso porém gratificante, por mais que estamos inseridas no processo, sempre há algo que passa despercebido, por este motivo é sempre necessário a formação, mesmo já obtendo o conhecimento.

Aracélia

:::

O nosso encontro foi muito produtivo e enriquecedor, ajudou no esclarecimento sobre “avaliação”, que a gente pensa que é sempre uma prova e que tem alguém querendo nos avaliar e criticar. Mas não é bem assim. A avaliação deve ser vista como “construtivismo” – construção de nosso saber e principalmente de nosso “eu” (interior). Obrigada pelo carinho e dedicação a nossa turma.

Na nossa profissão educaremos crianças e a avaliaremos e o quanto lhe ensinamos e o que lhe ensinamos. Pois educamos e ajudamos na formação de novas pessoas, e somos inteiramente responsáveis por esta educação e formação.

Educação é assunto sério e importante e devemos começar a nos educar para educar.


Cristiane F. Fiorani

:::

Este tema é muito importante para nós que somos professoras para poder avaliar os alunos porque sem avaliação não podemos ver o resultado dos alunos e ver se eles estão evoluindo na aprendizagem.

E para nós é mais importante ainda para ver se o trabalho do professor está de acordo com a faixa etária das crianças.

Regiane

:::

O tema abordado hoje mostra várias formas de avaliar, esse é extenso para uma melhor amplitude é necessário mas estudo de cada uma. a consultora pedagógica Mônica abordou o tema com muita facilidade e competência ficou bem esclarecidas as dúvidas.

Luana A. Oliveira

:::

O tema é bastante amplo, até ficou um pouco cansativo, porém importante e necessário, já que precisamos ter um olhar mais crítico sobre a avaliação, possibilitando ao educador agir junto aos avanços e dificuldades dos educandos.

Gisele

:::

Este assunto é muito importante para a vida profissional de nós professoras, pois é um meio de descobrirmos como está o desenvolvimento de nossos alunos.

Eu já havia feito uma formação sobre o mesmo assunto com o Sistema Positivo e pude observar que é um tema bem amplo, pois lá foi falado outros modos de avaliar e como eu estava com educação infantil, o curso todo foi relatado como eu devo avaliar minha criança.

Com certeza hoje eu tive mais uma bagagem para minha profissão, porém um bom professor deve saber avaliar seus alunos e também seu trabalho.

Tatiana de Camargo Assis

:::

renataleProfessora Renata faz a leitura da ata do encontro anterior.

val

Val faz a leitura de seu registro reflexivo para o grupo.

grupo

Nosso grupo

Agora temos uma galeria de imagens. Clique na imagem abaixo e acessem:

scrapbook

ports21

Gostei muito, principalmente por ter acontecido na creche São Jerônimo. Sobre o portfólio é interessante e eu já tinha a idéia de fazê-lo. Ano passado estava na pré-escola e fizemos a rotina em DVD e apresentamos na reunião de pais. Eles amaram! Hoje esse encontro ampliou mais minha visão, me dando novas idéias.

Ana Lúcia

:::

Foi muito interessante e proveitoso. Como educadora penso que devemos estar sempre “abertos” a idéias e principalmente a trocas de experiências. Amei os trabalhos e com toda certeza adequaremos à nossa realidade.

Priscila Santos

:::

Com certeza foi um encontro muito proveitoso. Eu já conhecia o portfólio, mas não sabia o quanto era importante para a avaliação dos meus alunos. Depois deste encontro posso dizer que essa maneira de registrar as atividades é bem mais gostosa e válida tanto para mim quanto para meus alunos.

Tatiana de Camargo

:::

Pude perceber que toda atividade pode fazer parte do portfólio e que através dele posso avaliar o desenvolvimento da criança. Acrescentou muito. Obtive novos conhecimentos.

Flávia

:::

Achei muito importante e interessante poder fazer um portfólio semanal e individual, passando de um nível para outro.

Sueli M. Andrade

:::

Este encontro foi prazeroso, onde podemos sonhar um pouco, as vezes nos perdemos com tantas dificuldades e desafios e acabamos não enxergando possibilidades de registrar de forma que todos possam contemplar juntos os avanços, possibilidades, alegrias e até tristezas. Obrigada de coração por você passar para nós suas idéias, suas emoções, pois nos deparamos com pessoas que muitas vezes sabe e não passa para que o outro não ultrapasse na frente dele.

Aracélia

:::

Neste 3º encontro eu aprendi como fazer realmente um portfólio. Eu tinha aprendido fazer de outro jeito, era só escrito. Hoje eu aprimorei o meu conhecimento.

Regiane

:::

Foi muito bom, pois mostrou que práticas como o portfólio podem e devem ajudar no cotidiano. Ações simples ajudam a demonstrar que as ações do aluno, individual ou coletiva, servem como alicerce para um aprendizado de qualidade e prazeroso para a professora e para o aluno, que revivem as ações ao ver fotos e atividades feitas anteriormente.

Regiane Cristina

:::

Entendo que o portfólio é mais um instrumental importante de avaliação do trabalho e das crianças. Permite uma maior sistematização do trabalho, vendo o mesmo de maneira global. Adorei as sugestões de portfólio. Com certeza colocaremos em prática.

Gisele Oliveira

:::

O nosso 3º encontro, assim como o anterior foi super proveitoso. aprimorando idéias, tendo novas e sentindo a alegria de estar no caminho correto para o aperfeiçoamento do nosso trabalho.

Regina Nilce

:::

Pude compreender que o uso do portfólio não invalida o uso dos registros. Também pude ter uma maior compreensão do significado e da importância do uso de portfólios em nosso dia-a-dia.

Fátima A. Matos

ports

Hoje o tema foi Portfólio, uma forma de registro muito interessante que além de acompanhar o desenvolvimento das crianças (durante o decorrer do mês, bimestre ou ano) é também um atrativo para que os pais conheçam e interajam melhor e mais na vida escolar de seus filhos. Pude compartilhar de experiências já vivenciadas por nós e aprender novas técnicas para montá-lo. A cada momento do curso aprendemos mais. É como foi dito pela Mônica no início do curso: “estamos desconstruindo para construir novos conhecimentos.

Sheila C. Sena

:::

O encontro de hoje foi muito produtivo, pois o tema portfólio é muito importante para nossa prática diária.

Vanilda Mª Gomes

:::

Através desse encontro tive várias idéias para desenvolver em sala de aula e principalmente para o meu desenvolvimento próprio.

Talita Silva dos Santos

:::

Gostei muito do encontro de hoje, porque aprendi coisas novas e tirei proveito.

Maria Apª Pinheiro

:::

Foi bastante satisfatório em tirar as dúvidas sobre o planejamento. Também foi importante o portfólio onde registro o aprendizado das crianças.

Cristiane B. de Lima

:::

O encontro de formação com o tema portfólios foi dinâmico e muito produtivo. Houve participação de todas do grupo. A forma como foi colocado foi mais esclarecedora que em tempos de magistério.

Luana

:::

Positivo. Atra vés desse encontro pudemos mais uma vez avaliar a importância da sistematização do registro.

Valquíria

:::

Como todos os outros, foi muito produtivo. E, fiquei mais feliz nesse encontro, ou estava mais feliz. O grupo está ficando cada vez maior e isso significa que o curso é ‘ótimo’ e está tendo interesse em outras pessoas.

:::

Foi muito interessante, pois nunca tinha participado de um grupo como esse. O portfólio é muito importante não só para a minha, mas para todas as escolas. Aprendemos a identificar e conhecer mais o desenvolvimento da criança e do grupo.

Rayane

:::

Gostei muito e vou aplicar com o grupo do berçário, que já havia falado no 2º encontro. Esse instrumento de trabalho só faz enriquecer mais ainda nossa prática pedagógica. Foram citados vários exemplos de portfólios que podem ser aplicados para observarmos o desenvolvimento das crianças e explorar determinados conteúdos.

Elisangela R de Brito

14 de fevereiro de 2009

Tema:

“A observação e o registro na construção da memória do processo vivido na sala de aula”

Acontecimentos:

  • Dinâmica de acolhimento com leitura compartilha do texto: “Ensina quem sabe, aprende quem quer” de Cesar Romão

  • Leitura da ata do último encontro e assinaturas

  • Partilha dos registros reflexivos do grupo e da formadora

  • Apresentação com a parte teórica

  • Partilhar de modelos de cadernos de registro

  • Tarefa: dividido por escolas, cada grupo elaborou um modelo de caderno de registro

  • Partilhando idéias com o grupo

“Pensar sobre a patica sem o registro é um patamar da reflexão. Outro, bem distinto, é ter o pensamento registrado por escrito. O primeiro fica na oralidade, não possibilitando a ação de revisão, fica no campo das lembranças. O segundo força o distanciamento. Revelando o produto do próprio pensamento, possibilita rever, corrigir, aprofundar idéias, ampliar o próprio pensar”
Madalena Freire /2003

Seguem algumas avaliações do primeiro encontro:

id_correct_way_closed_bin_410

“Me surpreendeu bastante, pois por falta de conhecimento, imaginava algo menos dinâmico. Desde já, tiro proveito das trocas de experiências”

:::::::::::::::::::::

“Novas amizades, muitas expectativas, novas experiências”

:::::::::::::::::::::

“Neste primeiro encontro, acredito que tivemos muitas boas expectativas em relação ao grupo. Espero que o grupo seja firme até o fim”

:::::::::::::::::::::

“Fiz novas amizades, fiquei tímida. Muito interessante, novos assuntos. Interessante a parte do registro em sala de aula”

:::::::::::::::::::::

“Hoje foi muito bom, foi o que eu esperava. Nós vamos trocar várias experiências este ano”

:::::::::::::::::::::

“Troca de experiência, abertura do espaço de formação. Foi o que eu esperava. Muito o que aprender”

:::::::::::::::::::::

“Positiva a integração entre as escolas. Abertura para o novo”

:::::::::::::::::::::

“Foi legal. Novas idéias. Gostei de participar deste grupo. Atingiu minhas expectativas”

:::::::::::::::::::::

“Agradeço pela oportunidade para vencer obstáculos. gostei da troca de informações”

:::::::::::::::::::::

“Nada é tão simples, nem tão fácil, mas hoje eu percebi que quando há união, as coisas fluem mais fácil e os objetivos serão atingidos no fim”

:::::::::::::::::::::

“Foi muito bom a troca de informações. Muito satisfatório”

RPP

União de três escolas de Educação Infantil e uma Creche que por meio de seus educadores, coordenadores pedagógicos e proprietários participam de um ciclo de formação pedagógica para possibilitar além da fundamentação teórica, oficinas, trocas e o contato com experiências pedagógicas bem sucedidas para a ressignificação de suas práticas pedagógicas.

Escolas Participantes

:::C.R. Casulinho::: E.E.I. Mundo da Imaginação::: Escola Infantil Pró-Crescer::: Ass. Assistencial e Educacional Jd. Santo André:::

Consultora Pedagógica Responsável

Mônica R. Assunção educatemas@uol.com.br monica_assuncao@uol.com.br
agosto 2017
S T Q Q S S D
« maio    
 123456
78910111213
14151617181920
21222324252627
28293031  

visitantes

  • 6,738 visitas